domingo, 16 de setembro de 2007

Adeus Colin!

O mundo do desporto automóvel está de luto pela morte de Colin McRae. Os ecos desta tragédia não se cingem somente à esfera dos ralis porque o piloto escocês era muito mais do que um antigo Campeão Mundial de Ralis. Depois da perda de Richard Burns, a Grã-Bretanha chora agora a morte de um dos seus maiores ícones do desporto automóvel de sempre.


Nascido a 5 de Agosto de 1968 em Lanark (Escócia), Colin McRae é filho do tetra-campeão nacional britânico de Ralis Jimmy McRae.

Cedo se notabilizou, tendo entrado no Mundial de Ralis em 1987, com um Sierra Cosworth, para completar dois Ralis. Em 1991, a Sierra Cosworth viu Colin juntar-se à Prodrive que estava equipada com motores Subaru para o campeonato britânico de Ralis. Em 1991 e 1992 McRae alcançou o título britânico de Ralis seguindo as pisadas do seu pai.

Em 1993 alcança o estatuto de piloto WRC da Prodrive, alcançando também nesse ano a sua primeira vitória no Mundial de Ralis, no Rally da Nova Zelândia desse mesmo ano! Ingressa finalmente na equipa principal da Subaru, na qual alcançou uma vitória épica no Mundial de 1995, no último Rally, quando viu de forma nacreditável o seu colega de equipa Carlos Sainz abandonar o Rall yda Grã-Bretenha e de consequentemente lhe ter entregado o título Mundial desse mesmo ano!


Após vários sucessos na Subaru, McRae resolve ingressar na Ford em 1999 para pilotar o Ford Focus WRC.

Em 2003, Colin ingressa na promissora Citroën, contudo McRae acabou por ter uma época frustrante acabando por não conseguir lugar no WRC em 2004.

No seu palmarés fica o título mundial de 1995, as 25 vitórias (3º piloto da história com mais vitórias), os 42 pódios, as 477 viórias em etapa , 626 pontos conquistados, uma participação no Lisboa-Dakar, uma participação nas 24 horas de Le Mans e uma vitória na Corrida dos Campeões (ROC) de 1998!

Recorde-se que foi a partir de Colin McRae que foi lançada a saga de videojogos com o seu nome, proovendo os Ralis nos videojogos!





DESCANSA EM PAZ CAMPEÃO!

2 comentários:

Fleetmaster disse...

REalmente uma grande perda! Este piolor era fantástico, o "Ayrton Senna" do rally.

SAVIOMACHADO disse...

Cara... eu fiquei chocado com esse acidente... Uma pena. Até eu joguei Colin Macrae. Muito legal sua homenagem Schuey. Uma pena a vida desse piloto e seus filhos serem interrompidas dessa maneira.
Um grande abraço!