quarta-feira, 29 de agosto de 2007

Circuitos: Lausitz

Este novo e ambicioso circuito é o quarto traçado permanente que existe actualmente na Alemanha, juntando-se a Oschersleben, Sachsenring e ao mítico Nurburgring. Tal como os dois primeiros fica situado na zona oriental do país. Foi em Lausitz que Michele Alborete perdeu a vida, enquanto testava o seu Audi R8S.

Situado junto da fronteira da Alemanha com a Polónia e a República Checa, o Eurospeedway de Lausitz, é o circuito que hoje vos falo.

Construído de acordo com as últimas tendências arquitectónicas relativas aos recintos desportivos deste tipo, o Eurospeedway Lausitz é o único traçado de toda a Europa continental a possuir uma pista oval. Configuração essa que teve origem nos Estados Unidos.

O atraente desenho do circuito tem sido exportado com êxito nos últimos anos para muitos outros países. Só para referir alguns, os traçados de Jacarepaguá no Brail, de Welkom (Phakisa) na África do Sul ou de Motegi no Japão, são disso claros exemplos.

O Eurospeedway Lausitz é, essencialmente, uma "superpista" única, na qual já se disputaram Grandes Prémios do Campeonato do Mundo de Superbikes, assim como de automobilismo, concretamente de DTM.
No entanto, a extensão varia ligeiramente consoante as provas, sendo mais ou menos de 4300 e 4500 metros, respectivamente. E se a estas distâncias somarmos os quase seis quilómetros da pista oval de testes do complexo, o resultado é um espectacular percurso que onda os 11300 metros, utilizados para receber provas de resistência.

O circuito de testes é muito seguro e nas suas curvas inclinadas, de quase 45º no ponto central (apex) ultrapassam-se facilmente os 120 km/h. Mas a estrela é, sem dúvida, a Super Speedway, uma pista em forma de "zero" com 3200 metros capaz de receber provas de Champ Car e de NASCAR.Ocupando uma área que ronda os 570 hectares de terreno, Lausitz é um dos complexos desportivos com maior lotação para provas motorizadas de todo o Mundo.

Ao todo tem capacidade para acolher cerca de 120000 espectadores e todos eles desfrutam de grande visibilidade. Qualquer que seja o ponto do circuito é possível contemplar os pilotos sem problemas!Apesar da sua curta vida, o circuito de Lausitz possui já um triste historial.

A 25 de Abril de 2001, o piloto italiano Michele Alboret perdeu aí a vida quando testava um Audi R8S para as 24 Horas de Le Mans e, uma semana depois morreria no Eurospeedway um comissário desportivo. Infelizmente, este não foi o último incidente.

Em Setembro, Alessandro Zanardi sofreu na Alemanha um acidente que quase lhe custou a vida.Zanardi, ex-pupilo de Sir Frank Williams na Fórmula 1, regressou à Fórmula CART dois anos depois de abandonar esta competição, e após a sua infrutuosa passagem pela Fórmula 1, à qual chegara graças aos dois títulos conquistados na Fórmula CART em 1997 e 1998.


A 15 de Setembro de 2001, o carro de Alex Tagliani embateu, a cerca de 320 km/h, no carro de Alessandro Zanardi, que entrou em coma e teve que sofrer a amputação das duas pernas. Felizmente, e após várias intervenções cirúrgicas, dois meses depois o próprio piloto conduziu um automóvel especialmente adaptado à sua invalidez desde Monte Carlo até Imola. O regresso de Zanardi à pilotagem não se quedou por este episódio singular. Alessandro Zanardi viria a entrar no Campeonato do Mundo de Turismos (WTCC) com um BMW e a pilotar um BMW Sauber de Fórmula 1.


Aqui ficam alguns momentos da corrida de CART de 2001 em Lausitz, incluindo o "arrepiante" incidente entre Tagliani e Zanardi!

2 comentários:

Fleetmaster disse...

Esse acidente encurtou a carreira do Zanardi.

Blog F1 Grand Prix disse...

Confesso que não gosto muito dessa pista por causa dos acidentes de Zanardi e Alboreto. Mas não posso deixar de reconhecer que é mais uma complexo automobilístico de peso na Europa. E sua importância fica sendo ainda maior porque tem um circuito oval, algo raríssimo no Velho Continente.

Grande abraço!