terça-feira, 7 de agosto de 2007

Fernando Alonso está livre!

Ron Dennis terá "libertado" Fernando Alonso, dando-lhe liberdade para escolher a equipa pela qual o espanhol teniona correr em 2008.

Dados os acontecimentos do Grande Prémio da Hungria, o espanhol bicampeão do Mundo da McLaren, Fernando Alonso, colocou, segundo o diário espanhol "Marca" um ultimato à equipa de Woking, no que dizia respeito à sua posição na equipa: «Ou sai o Hamilton, ou saio eu».



Hoje, dois dias após o desentendimento na Hungria, uma fonte da equipa referiu que Ron Dennis está enfurecido e bastante descontente com ambos os pilotos, tendo já "levantado o polegar", ou seja, permissão no que toca à saída de Alonso: «Pelo que sei, foi-lhe dito (a Alonso) que ele pode sair. O Ron está muito aborrecido com ambos»

Segundo o jornal inglês, mesmo antes do problema húngaro, o espanhol já se encontrava bastante descontente com a equipa, já que a McLaren não estava a cumprir o acordo inicial, que previa que Alonso tivesse o estatuto de piloto principal, uma vez que o espanhol alega que a equipa estava a favorecer o "rookie" britânico, Lewis Hamilton, que é o actual líder do campeonato do Mundo de Fórmula 1!
A possibilidade de Fernando Alonso deixar a McLaren já abriu o “mercado”, já que são várias as possibilidades de equipas onde o bicampeão do mundo pode ingressar já em 2008. Entre outras, uma transferência para a Ferrari (para o lugar de Felipe Massa), o regresso para a Renault (onde substituiria Giancarlo Fisichella) ou até uma mudança para a BMW-Sauber (que já lhe foi recentemente negada) ou para a Toyota.

Como já se constatou o incidente do Grande Prémio da Hungria serviu para "estalar ainda mais o verniz" entre Hamilton, Alonso e Ron Dennis, contudo desta vez Ron Dennis corre o risco de perder os seus dois pilotos, uma vez que se fala também numa possível hipótese de Lewis Hamilton rumar para Maranello.


Neste momento a equipa com a qual Fernando Alonso terá maiores probabilidades de firmar contrato, será mesmo a Renault, regressando assim o espanhol à casa que o viu crescer como piloto na Fórmula 1, partilhando da companhia de Flavio Briatore e de Heikki Kovalainen!


2 comentários:

Felipe Maciel disse...

Acho que ele não seria capaz de deixar a McLaren para ir para a Renault. O Dennis deve acalmar o pessoal dele e contornar a situação. O contrato é de 3 anos e não vai ser fácil quebrá-lo.

teroapex disse...

Couldnt agree more with that, very attractive article

cheap clomid