sábado, 18 de agosto de 2007

Circuitos: Brno

Ilustre veterano dos antigos países de Leste, o circuito de Brno possui uma apaixonante história na qual as corridas de motas têm desempenho um papel muito importante. Pertencendo agora à República Checa, este traçado tornou-se uma das referências incontornáveis do Mundial de Velocidade. Realiza-se este fim-de-semana em Brno o Grande Prémio da República Checa do Mundial de Motociclismo.

Encravado num estádio natural, Brno proporciona uma excelente perspectiva aos espectadores, que desfrutam de uma vista que desce até um vale para, depois, voltar novamente a subir.


Desde princípios do século XX que os arredores de Brno têm sido cenário de diversas populares. No entanto, a história do circuito checo remonta a 1930, momento em que o desenvolvimento do seu traçado ligava várias estradas, como aliás costumava ser habitual nessa época - lembremo-nos de Spa-Francorchamps e de Nurburgring nas suas primeiras "formas" -.

Após a paragem motivada pela Segunda Guerra Mundial, o circuito de Brno, também denominado Masaryk Circuit, retomou a actividade normal em 1949 e um ano mais tarde mais tarde já recebia novamente corridas de motocicletas. Em 1965, o Mundial de Velocidade utilizou pela primeira vez o traçado checo, que voltaria a desaparecer do panorama em 1983 para regressar a partir de 1987, quando o novo e actual traçado entrou em funcionamento. Desde então, e à excepção de 1992, o Mundial tem-no visitado pontualmente todos os anos.

O actual Automotodrom de Brno tem uma extensão total de cerca de 5403 metros, dos quais exactamente 636 metros correspondem à recta principal.
A pista tem uma largura máxima de 15 metros e as suas 15 curvas dividem-se em 7 viragens de esquerda e 8 de direita.
A travagem mais importante ocorre no ângulo de entrada para a primeira curva, imediatamente a seguir à recta da meta.
A zona mista que liga a curva 6 à curva 10, é o ponto mais técnico do circuito checo.
Já a subida que antecede a meta permite "puxar" o máximo das "máquinas".

A extensão do circuito de Brno já foi alterada mais do que uma vez mas sempre no reduzir a sua corda e de a adaptar à "moda" de cada época. O traçado original de 1930 tinha 30 quilómetros, distância que tal como neste artigo já foi citado, era muito frequente nessa mesma época.Essa distância foi encurtada em 1949 para quase metade - 17,8 quilómetros -.
Ainda demasiado longo, em meados da década de 1960 Brno passou a ter 13,9 quilómetros de pista, distância que seria reduzida em três quilómetros em 1970.
Finalmente, a construção do traçado actual deixou a pista checa com os cerca de 5403 metros actuais.

A ampla pista checa permite diversas trajectórias ao longo de um percurso misto e sem fortes travagens, que propicia a negociação das curvas a altas velocidades. As constantes subidas e descidas podem levar alguns pilotos a pensar que estão numa montanha russa.


Brno é considerado um dos traçados mais atraentes de toda a temporada do Mundial de Velocidade.

4 comentários:

Blog F1 Grand Prix disse...

Amigo Schuey, que belíssima foto das arquibancadas que você achou! Assistir uma corrida em Brno deve ser sensacional. Vale a pena acordar cedo amanhã para ver a MotoGP.

Grande abraço!

Fleetmaster disse...

A moto GP correu hoje. Não achei muita graça na corrida e no circuito!
Monza e SPA para mim são os melhores.

Speeder_76 disse...

Acho piada porque é que a Formula 1 nunca se interessou por Brno... acho que tem mais interesse que "Hungaboring"...

Outra coisa: para que mail eu devo mandar videos e fotos para tu pores no teu blog?

Le blog sportif de bbkdsport disse...

Ayant trouvé votre site fort interressant je désirerais faire un échange de lien entre nos deux sites qui est
http://bbkdsport.e-monsite.com
Titre:bbkdsport tous le sport en direct
ainsi que mon blog
http://bbkdsport.over-blog.fr.
Titre:Le blog sportif de bbkdsport
ou bien en les ajoutant dans votre annuaire
En vous remerciant par avance
cordialement